Você que é da área de saúde, segurança e meio ambiente certamente já ouviu falar sobre diálogo diário de segurança (DDS). Mas você sabe qual a importância e como utilizar essa técnica para conscientizar os colaboradores sobre as boas práticas de segurança e aprimorar a cultura de SSMA na sua empresa?

O DDS nada mais é do que um bate-papo diário e de curta duração que deve durar no máximo 10 minutos. Ele geralmente é conduzido por lideranças na empresa como gestores, técnicos ou engenheiros e acontecem no início da jornada de trabalho.

Como implementar o Diálogo diário de segurança (DDS)?

Caso você ainda não utilize o DDS em sua organização, mas quer implementá-lo, primeiramente faça um comunicado aos colaboradores sobre o que é e como funciona essa ferramenta. Deixe claro sobre o local e o horário em que serão realizados os encontros.

Para se tornar uma rotina, é importante definir um horário fixo para que o DDS aconteça. Mesmo que outras atividades estejam ocorrendo naquele horário, tais como auditorias e visitas, o DDS não deve deixar de acontecer e não pode ser adiado.

Objetivo do DDS

O principal objetivo do DDS é unir a equipe e criar um momento de esclarecimento de dúvidas e inseguranças. É uma ocasião em que os funcionários se sentem ainda mais livres para dar suas opiniões e se sentirem ouvidos. São eles que estão no dia a dia da operação e conhecem melhor os perigos de suas atividades. Muitas das boas ideias para deixar o ambiente de trabalho mais seguro surgem durante o DDS.

No caso dos líderes, é importante sempre levar uma pauta curta para os encontros para que não haja um desvio de foco do DDS e para que a seriedade do assunto seja compreendida. No entanto, o propósito aqui é ouvir o que os funcionários têm a dizer. Anote as dificuldades e as propostas de mudança. Após uma avaliação dos pontos discutidos, chame aqueles que levantaram as ideias para uma conversa mais longa e, caso seja possível implementá-las, divulgue posteriormente para toda a empresa, citando principalmente os colaboradores envolvidos e o fato de que a geração da melhoria veio de um DDS.

Sobre o que devo falar no DDS?

Os temas abordados nos DDS são escolhidos pela própria empresa, sempre com foco na segurança e saúde do colaborador. Alguns exemplos de temas são: preparação do ambiente de trabalho, manuseio de equipamentos e ferramentas, acidentes de trabalho que ocorreram na sua empresa, cuidados na rotina, gestão de resíduos, técnicas de primeiros socorros, auditorias, CIPA, EPI´s, análises de riscos, dentre outros.

O debate fica muito interessante também quando assuntos atuais são levados para os encontros, como por exemplo, grandes acidentes que foram veiculados na mídia. Leve para discussão se o mesmo acidente poderia ter acontecido na sua organização e o que poderia ter sido feito para evitar ou ainda o que a equipe tem feito ou poderia fazer para não passar pela mesma situação.

Embora a conversa seja séria e importante, o ideal é proporcionar um ambiente leve e informal, mantendo uma linguagem simples, justamente para os colaboradores se sentirem livres para se expressar. Faça deste momento uma boa roda de conversa entre amigos, assim você conseguirá fixar a atenção de todos e não transformará o DDS em um palestra tediosa.

Benefícios do DDS

O DDS oferece uma oportunidade para os líderes aprenderem com o que os trabalhadores lidam diariamente e, consequentemente, desenvolver um relacionamento em um contexto de segurança, obtendo uma compreensão do risco de cada etapa do processo. Outros benefícios importantes dessa técnica são:

  • Disseminação da cultura de saúde, segurança e meio ambiente
  • Aprendizado coletivo
  • Voz aos colaboradores
  • Prevenção de acidentes
  • Propagação da responsabilidade da gestão de SSMA
  • Reforço do conhecimento
  • Discussão de ideias
  • Feedback positivo
  • Valorização dos colaboradores

Considerações finais

Embora não haja nenhuma norma regulamentadora que trate diretamente sobre o DDS, encontramos em NR´ou até mesmo em legislação a obrigatoriedade das organizações informarem os colaboradores sobre os riscos ocupacionais e ambientais e cuidados com a segurança. Dessa forma, a utilização dessa ferramenta é uma forma simples, rápida e eficaz de transmitir esse conhecimento diariamente, sem cansar o colaborador e ainda promovendo uma cultura organizacional mais positiva

O DDS ajuda a criar uma atmosfera segura na empresa, gerando uma integração ainda maior entre os funcionários, aumentando o trabalho em equipe e objetivando o propósito mais importante que é diminuir o risco de acidentes.

Se você já utiliza o SoftExpert Suite, não deixe de conhecer e adquirir o processo de Gestão da Saúde, Segurança e Meio Ambiente. E se você ainda não utiliza o SoftExpert Suite, clique no botão abaixo e conheça esse e outros processos além dos benefícios que um sistema único de gestão integrada pode proporcionar a sua empresa.

Quero conhecer o SoftExpert Excellence Suite

Camilla Christino

Autor

Camilla Christino

Camilla Christino é Analista de Negócios da SoftExpert, formou-se em Engenharia de Alimentos no Instituto Mauá de Tecnologia. Detém sólida experiência na área de qualidade em indústrias de alimentos com foco em acompanhamento e adequações de processos de auditorias interna e externa,documentação do sistema de gestão da qualidade (ISO 9001, FSSC 22000, ISO/IEC 17025), Controle da Qualidade, Assuntos Regulatórios, BPF, APPCC e Food Chemical Codex (FCC). Ela também é certificada como auditora líder na norma ISO 9001:2015.

Você também pode gostar:

Receba conteúdo gratuito em seu e-mail!

Assine nossa Newsletter e receba materiais sobre as melhores práticas em gestão produzidos por especialistas.

Ao clicar no botão abaixo, você confirma que leu e aceita nossa Política de Privacidade.