Não é de hoje que ter uma boa gestão de serviços está na base do sucesso de muitas empresas. Essa premissa tem ficado cada vez mais relevante nos últimos tempos, com clientes e colaboradores demandando mais rapidez e eficiência no seu relacionamento com as empresas. E como saber se a sua empresa está atendendo adequadamente seus clientes? Como verificar se expectativas dos clientes, colaboradores e acionistas estão sendo atendidas?

Neste artigo vamos discutir os princípios da gestão de serviços e como eles contribuem para agregar valor e fidelizar clientes e colaboradores.

Gestão de serviços

Entendendo a gestão de serviços

Segundo Philip Kotler, “Serviço é qualquer atividade ou benefício que uma parte pode prestar a outra, que seja essencialmente intangível e não resulte propriedade de alguma coisa. Sua produção pode ou não estar ligada a um produto físico.” Importante destacar que a prestação de serviços não está associada somente a relações comerciais. O conceito de Enterprise Service Management (ESM) abrange o atendimento de necessidades de clientes internos e externos. Neste contexto, quando um colaborador solicita um benefício ao RH, por exemplo, ou um departamento necessita que um aparelho de ar condicionado seja reparado, também temos serviços sendo prestados.

Os 4 Ps da gestão de serviços

O conceito do mix de marketing, ou 4 Ps (Produto, Preço, Praça e Promoção), é bastante conhecido e amplamente utilizado. Ele foi criado pelo professor Jerome McCarthy em 1960 e continua muito relevante. Quando pensamos em serviços, também temos 4 Ps, mas específicos para estas atividades:

1. Perfil

Para conseguir oferecer serviços de qualidade, é importante conhecer bem o público para o qual ele está sendo oferecido. Entender o público-alvo permite a criação de soluções direcionadas para as suas necessidades e, consequentemente, aumentar as chances de atender suas expectativas.

2. Processos

Envolvem todas as atividades desde a compra ou solicitação, execução, monitoramento e pós-utilização. É de vital importância o mapeamento de cada um dos processos, definindo os caminhos que o cliente irá tomar. O uso de uma ferramenta de BPM, normalmente presente nas soluções de ESM, torna esta tarefa mais fácil e eficaz.

eBook BPM

3. Procedimentos

Consistem na forma como os processos citados acima serão executados. Os métodos e as condutas empregados na entrega dos serviços definem os padrões de atendimento. Eles também orientam os comportamentos de sistemas e colaboradores.

4. Pessoas

Mesmo que partes do processo sejam executadas por sistemas e máquinas, a prestação de serviços envolve essencialmente a interação entre pessoas. Desta forma, contar com colaboradores capacitados e aptos a executarem as atividades demandadas é primordial para o sucesso na Gestão de Serviços. Investir em treinamento e ter uma comunicação interna eficiente fará toda a diferença na qualidade de seus serviços.

Quer saber mais sobre Gestão de Serviços? Acesse a área de downloads do nosso site e conheça outros artigos, webinars e eBooks sobre este assunto. Conheça também o SoftExpert ESM, uma solução completa para o gerenciamento de serviços com baixo custo total de propriedade.

Laurides Dozol

Autor

Laurides Dozol

Especialista em Gestão Empresarial pela FGV. Analista de negócios e mercado na SoftExpert, fornecedora de softwares e serviços para automação e aprimoramento dos processos de negócio, conformidade regulamentar e governança corporativa.

Você também pode gostar:

Receba conteúdo gratuito em seu e-mail!

Assine nossa Newsletter e receba materiais sobre as melhores práticas em gestão produzidos por especialistas.

Ao clicar no botão abaixo, você confirma que leu e aceita nossa Política de Privacidade.