Escolher um software de gestão para o controle de ativos empresariais pode ser uma tarefa intimidadora e complexa, não é mesmo? Mas não se preocupe. Ao ler este post você verá que é possível tomar uma decisão mais segura observando os recursos que são essenciais em uma boa Solução para Controle de Ativos.

O controle de ativos é importante por vários motivos, incluindo:

  • Redução do custo total de operação dos ativos;
  • Redução do custo de capital do investimento de ativos;
  • Melhora do desempenho operacional;
  • Redução dos impactos potenciais do uso impróprio;
  • Redução dos riscos de segurança;
  • Redução do impacto ambiental;
  • Melhora do desempenho perante regulamentações, tais como ISO 55000;
  • Redução do tempo de inatividade não planejado dos ativos;
  • Redução dos riscos legais associados à operação dos ativos.

Para alcançar esses benefícios, é essencial que uma Solução de Gestão de Ativos ofereça os seguintes recursos:

Gestão de Inventário

Fazer a gestão eficaz do inventário de ativos é o recurso mais básico que qualquer software para  gestão de ativos deve possuir. Verifique se as soluções que você está avaliando são capazes de manter registros detalhados. Isso inclui registros das programações de serviço do ativo, localização, verificação, utilização e manutenção.

O sistema também deve produzir o mínimo de interrupção e perturbação possível, lhe ajudando a selecionar o equipamento certo para uma tarefa, mantê-lo em ordem o quanto for possível e substituí-lo de uma forma bem organizada.

Gestão de Manutenção

O que adianta ter uma solução para controle de ativos se ela não consegue gerenciar a manutenção dos ativos?

A solução deve ajudá-lo a gerenciar tarefas de manutenção, tais como manutenção preditiva, preventiva e corretiva. O deve rastrear o histórico e as tendências dos equipamentos, através de recursos de prevenção e análise de falhas.

Gestão de Calibração

A gestão de calibração é outro recurso essencial que as soluções para controle de ativos devem possuir.

A solução deve programar, documentar, planejar, analisar e gerenciar calibrações em seus medidores, equipamentos de teste, dispositivos e padrões de medição. Esses recursos são vitais para desempenho ideal dos ativos, aumentando a produtividade, otimizando recursos e garantindo compatibilidade de serviços e produtos.

Gestão de Falhas

O objetivo da gestão de falhas é permitir que as empresas melhorem a qualidade geral e reduzem os custos e riscos. Ao mesmo tempo, que atendem requisitos estabelecidos por normas e padrões internacionais.

Para isso, sua solução de gestão de ativos deve monitorar continuamente as falhas identificadas através de relatórios, gráficos e indicadores como seriedade e prioridade de risco, que destaca as causas consideradas prioridades em cada momento.

Como mencionei no início do post, esta foi uma breve descrição de alguns dos recursos mais importantes que devem ser analisados em sua busca por uma solução de gestão de ativos.

No ebook 7 Recursos que toda solução de gestão de ativos deve ter, eu entro em detalhes sobre cada uma das funcionalidades listados acima e incluí outras três funcionalidades críticas que você deve analisar quando for escolher uma solução de gestão de ativos.

Até a próxima!

Gus Oliveira

Autor

Gus Oliveira

Gustavo Oliveira é graduado em Administração de Empresas e em Economia pela Universidade de Massachusetts - Dartmouth (EUA). Gustavo possui experiência na indústria de software para excelência empresarial e também na área financeira e de desenvolvimento de negócios, atuando em grandes empresas nos Estados Unidos e no Brasil como analista financeiro, consultor de estratégia de negócios e consultor sênior de projetos.

Você também pode gostar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba conteúdo gratuito em seu e-mail!

Assine nossa Newsletter e receba materiais sobre as melhores práticas em gestão produzidos por especialistas.

Ao clicar no botão abaixo, você confirma que leu e aceita nossa Política de Privacidade.