As empresas estão constantemente tentando reduzir custos e eliminar o desperdício em seu plano de gerenciamento da qualidade. O custo de fazer negócios está sempre aumentando. Portanto, tornou-se cada vez mais importante garantir a qualidade do negócio. Neste post, abordaremos os principais tópicos para garantir que seu plano de gerenciamento de qualidade seja um sucesso.

O que é um plano de gerenciamento da qualidade

O Plano de Gerenciamento da Qualidade é normalmente usado para monitorar processos, garantindo que as melhorias e os padrões sejam realizados consistentemente ao longo do ciclo de vida de uma empresa. Ela deve detectar questões de não conformidades e planejar ações corretivas ou melhorias para resolver resultados indesejados.

best-quality-plan-example

O plano de qualidade é desenvolvido para descrever práticas, recursos ou parâmetros necessários para garantir a qualidade de um sistema. Em outras palavras, o plano de controle de qualidade garante que os funcionários tenham as informações certas para executar os processos de acordo com os padrões de qualidade. Ele também deve incluir procedimentos quando a não conformidade for detectada. Aqui estão alguns tópicos que o plano de controle de qualidade deve abordar:

Garantia de Qualidade: Processo ou procedimento que fornece evidências de qualidade aos produtos ou serviços que estão sendo executados.

Controle de Qualidade:  Técnicas e atividades operacionais executadas por funcionários experientes para atender os requisitos de qualidade.

Sistema de Gerenciamento da Qualidade: Um conjunto de processos, procedimentos e regras de uma área de negócios ou projeto para atender as expectativas do cliente e aos requisitos regulamentares.

Como criar um plano de gerenciamento de qualidade?

Os planos de controle de qualidade devem incluir instruções e métodos para alcançar resultados aceitáveis. Abaixo listamos as principais idéias para você colocar em seu plano:

  • Visão Geral ou introdução (com um histórico ou escopo do plano)
  • A estrutura organizacional (equipe, departamentos e áreas)
  • Mecanismos de pesquisa e feedback (interno e externo)
  • Responsabilidades de tarefas e processos
  • Padrões e documentação de desempenho
  • Procedimentos de controle de qualidade
  • Definição dos Entregáveis e resultados
  • Notificações e alertas necessários
  • Lista de recursos e fornecedores
  • Ações corretivas e preventivas
  • Treinamento e cursos
  • Critérios de aceitação
  • Parâmetros de teste
  • Auditorias

Monitoramento e testes

Um sistema de monitoramento permite que você teste e avalie problemas ou não-conformidades antes que elas impactem o andamento dos seus processos. Se sua empresa fornece serviços de suporte, seus tickets podem incluir informações sobre processos, procedimentos e recursos, para que especialistas possam acompanhar sistematicamente os resultados, oferecendo maneiras de melhorar o gerenciamento de tickets. Lembre-se de sempre executar testes recorrentes para detectar problemas de produtos ou serviços que possam desagradar os interesses dos stakeholders ou ameaçar pessoas, animais ou meio ambiente.

quality-plan-template-pdf

Mentalidade de prevenção

Basicamente o plano de qualidade é dividido em dois conceitos principais; conformidade e não conformidade. A conformidade é conectada a atividades preventivas. Essas atividades estão relacionadas a treinamento, materiais e documentação de processos. Por outro lado, questões de não conformidade relacionadas a eventuais falhas, que exigem a reavaliação e/ou reestruturação de tudo que esta conectado aos processos. Portanto, construa mecanismos que permitam aos colaboradores participarem da construção das ações de prevenção.

Melhoria contínua

É um ciclo constante de mudanças com o intuito de melhorar entregas e os resultados. Seja através de mudanças incrementais feitas em pequenas doses ou através de projetos que buscam identificar e iniciar mudanças em processos. Usando esses 2 conceitos, você pode executar, ajustar e melhorar qualquer parte do seu plano de controle de qualidade:

  • Objetivos: Especificações, eficácia, prazos, custos, recursos, utilização e assim por diante
  • Etapas do processo: Prática, procedimentos, responsabilidades e autoridades
  • Documentação: padrões exigidos e instruções específicas
  • Ensaios processuais: Inspeção, avaliação e avaliação
  • Rastreamento de alterações: dados históricos e informações sobre alterações e modificações

Sistema de Gestão de Qualidade

As estratégias de qualidade são essenciais para a melhoria contínua. Alcançar a excelência na gestão exige a utilização de sistemas para operar com a máxima eficiência. Escolher a tecnologia correta para o seu negócio é fundamental para o sucesso.

Saiba mais sobre nossa Solução para Gestão da Qualidade

Raphael Gonçalves Arias

Autor

Raphael Gonçalves Arias

Analista de Marketing de Produto da SoftExpert, Raphael Arias tem mais de 8 anos de experiência na indústria de TI. Atuou com consultoria e implantação de soluções SaaS em empresas do setor de logística e gerenciamento de riscos. É graduado em Sistemas de Informação e possui MBA em Marketing.

Você também pode gostar:

Receba conteúdo gratuito em seu e-mail!

Assine nossa Newsletter e receba materiais sobre as melhores práticas em gestão produzidos por especialistas.

Ao clicar no botão abaixo, você confirma que leu e aceita nossa Política de Privacidade.